Quinta-feira, 8 de Outubro de 2009

Memórias De Infância

 

 

 

Ontem ainda não tinha nada pensado e hoje também não tenho nada em concreto. Pensei que o mais fácil seria falar da minha infância, aproveitando para estar do vosso lado, mostrar que vos percebo…

Quando era pequeno havia quatro coisas que eu abominava: castigos, regras diferenciadas, gritos e o sofá ocupado…

Lembro-me de quando me armava em artista e a minha mãe me punha de castigo… Por que raio tinha eu de ir para o quarto e ela ficar do lado de fora?! – Muito injusto!

Mas o que eu achava mesmo péssimo era haver regras para adultos e regras para crianças… Eles podiam comer chocolate quando quisessem… Por que tinha eu de pedir para comer chocolates?! Só me contentava quando havia algum pendurado na árvore de Natal. Árvores de Natal que naquela altura eram ornamentadas com notas de mil ou quinhentos escudos… Um clássico!

Os gritos… Aborrecia-me quando os adultos falavam muito alto comigo! Lá deviam pensar que eu era uma velhota de oitenta anos e já mouca, ou então que estavam a falar para alguém que estava lá ao longe…

Para além de gritarem os adultos também gostam muito de interromper as crianças… Interromper as crianças e ocupar os sofás. Onde é que eu me sentava?! Tinha lá um cantinho, bem cantinho, onde tinha de levar com os pés da minha mãe… Era certo que na maior parte das vezes o sofá pertencia-me mas eu queria-o para mim todos os dias… Era meu, ponto! Foi aqui que criei aversão a pés...

Mas lá em casa também tinha um irmão e um pai… Pessoas que foram muito importantes na minha educação, principalmente a nível clubístico…

O meu pai só precisava de assobiar à janela quando eu andava a jogar às escondidas que eu me punha logo na alheta… Lá devia pensar que eu era o cãozinho lá de casa! Mas fez-me sócio do Glorioso logo aos três anos.

O meu irmão tornou-se num ídolo, apesar de se ter aproveitado de ser mais velho… O mais novo sofre sempre! Eu sofria por causa dos copos de água ou Coca-Cola... Mas era por amor à camisola.

- Marco, vai buscar-me um copo de água!

- Não vou nada!

- Se não fores és do Sporting…

E eu lá ia, todo contente da vida pelo facto do meu irmão me considerar um verdadeiro benfiquista!

Ontem, tive de ir ter com ele para me ajudar com este texto é que isto de se rirem à minha conta tem muita piada, mas só tem piada para vocês…

 

 

Escrito por: Faleiro

 

Obrigada e um beijinho para ti! ;)

 


publicado por Pinky às 09:07
link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. Memórias De Infância

.mais comentados

18 comentários

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Chorei Por Ti

. 2009 - O Ano De Crescimen...

. Desde Que Partiste...

. Ninguém O Vê Mas Todos O ...

. Hoje, Mais Do Que Ontem.....

. Simplesmente Porque Sim

. o teu "sim" tremido

.links

.arquivos

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

blogs SAPO

.subscrever feeds