Quarta-feira, 2 de Dezembro de 2009

Desde Que Partiste...

 

Faz agora dois anos que foste embora. Foi nesta época em que devia ser de família, união e de amor, que me deste o maior desgosto que alguma vez alguém me podia ter dado. E logo tu. A pessoa mais importante para mim. Disseste que já não dava mais e partiste. Fizeste com que esta quadra perdesse todo o seu significado. Desde esse dia poucas foram as vezes que falámos, poucas foram as vezes que olhámos um para o outro, porque eu assim quis, eu sei. Mas foi mais forte que eu, a desilusão foi grande. Nunca vais perceber, nem tu nem ninguém.

 

Apenas eu...

 

Depois de quase dois anos, continuo a fingir que esse assunto já não me afecta, que já não sofro, que já não choro, que já não me incomoda falar de ti, que não sinto a tua falta. Não acredites. Mas tu partiste e eu continuei a viver, agora sem ti.

 

 

 

 Sei que não vais ler o que aqui escrevo.

Ainda bem...

 

 

 

  


publicado por Pinky às 11:38
link do post | comentar | favorito
|
25 comentários:
De Cláudia Oliveira a 2 de Dezembro de 2009 às 14:17
Ele partiu mas não para sempre. Está lá. Longe mas está. É diminuir a distância. É perceber que ele fez a sua opção, como temos de fazer na vida. Se não entendo? Não, só tu. Agora é preferivel tomar decisões e magoar os outros, a viver uma mentira e magoar nos a nós mesmos. Só temos uma vida. Beijo


De Pinky a 2 de Dezembro de 2009 às 16:01
A desilusao fez com que deixasse de o ver da mesma maneira. Mas isso é uma coisa que nunca vou conseguir explicar a ninguém. Sente-se e pronto. Mas as coisas mudam...

Beijo


De Lacra a 2 de Dezembro de 2009 às 15:23
Há amores assim, difíceis de realizar...obrigam a muitas concessões, assentam em ilusões... a tua desilusão terá sido aquela de quem lhe cai a ficha e acorda para uma realidade que nunca quis encarar? ou é o orgulho que te afasta? seja o que for, não te negues a ser feliz, faz aquilo que sentes que te apetece, sem juízos de valor sobre ti própria. Não idealizar acaba por ser um bom método para não nos desiludirmos tanto... digo eu...mas quem está de fora racha lenha.... beijinho e não ligues ao natal, é uma seca, cheia de popotas e leopoldinas...


De Pinky a 2 de Dezembro de 2009 às 15:54
Eu acordei para uma realidade que não estava à espera e nunca pensei que me calhasse a mim. Pensava que só acontecia aos outros...estou a falar do meu pai e não de nenhuma desilusão amorosa.


De Lacra a 2 de Dezembro de 2009 às 16:07
é sempre difícil lidar com questões que colocam em causa pessoas que amamos, pior ainda quando são os nossos pais, que deviam ser perfeitos e não são.... não sei o que se passou nem tenho o direito de vir para aqui dar opiniões que ninguém pediu, mas também já me desiludi muito e aprendi duas coisas: a por-me no lugar do outro e a não julgar. Desculpa se há pouco não entendi.... beijinhos... o natal continua a ser uma foleirada....


De Pinky a 2 de Dezembro de 2009 às 16:24
Não tens que pedir desculpa, eu também não o mencionei...(a não ser nas tags)!

É mais dificil quando vias nessa pessoa um exemplo...

Beijo


De Lacra a 2 de Dezembro de 2009 às 16:32
o meu pai viveu muitos anos uma vida dupla, eu convivi de perto, muito perto, com a "amante" dele, que trabalhava lá em casa. A minha família chegou a passar o natal com a família dela, consegues imaginar? o dia que a minha mãe disse basta, ele pegou numa pistola e disse que se matava. Tranquei-me num quarto com ele e consegui tirar-lha. Foi a segunda vez que pegou numa arma e ameaçou suicidar-se. Pensei muitas vezes em fazer isso, como fez o irmão da minha mãe, que eu não conheci, como fez o pai do meu namorado, quando ele tinha cinco anos. Hoje vivo com isso, mas sem pensar nisso. Sem julgar, sem culpar. As desilusões demoram muito tempo a curar mas temos de as aceitar como parte da fragilidade do ser humano, ser imperfeito.
ps: adoro o meu pai, apesar de tudo... prefiro tê-lo a não o ter de maneira nenhuma...



De Pinky a 2 de Dezembro de 2009 às 16:45
Admiro a tua coragem... Nao deve ter sido fácil.
Eu espero que o tempo cure a minha...

Beijo


De Lacra a 2 de Dezembro de 2009 às 16:56
não admires, tudo na vida passa, só a morte não tem solução...


De Pinky a 2 de Dezembro de 2009 às 17:00
Obrigada pelo teu ponto de vista!
Beju


De Kai a 2 de Dezembro de 2009 às 16:32
Bem, eu nem sei o que dizer. Apenas, e porque é fácil falar, se há algo que lhe queiras dizer, diz. Digo isto porque no fim mencionas: "ainda bem que não vais ler isto." Só espero que esse sentimento que não te deixa festejar nesta altura mude, e para isso precisas de admitir que o assunto ainda te perturba. Por vezes não basta chorar, há que falar sobre isso...

Bju


De Pinky a 2 de Dezembro de 2009 às 16:53
Acho que esse assunto me vai perturbar sempre...tenho é que aprender a viver com isso.

Beju


De O Gato a 2 de Dezembro de 2009 às 20:32
A vida continua e ficará para sempre os momentos bons, aquela frase que nunca esquecemos e por tudo o que se passou aprendemos sempre, foi mais uma página na nossa vida.


Beijinhos e força


De Pinky a 2 de Dezembro de 2009 às 23:02
Bons momentos temos e muitos.
Obrigada!

Beijinho


De izzie a 2 de Dezembro de 2009 às 20:56
Aqueles que deviam ser o modelos a seguir, o nosso apoio..são, por vezes, os que mais nos magoam. Precisamos ganhar forças e pensar que na vida tudo se resolve, com esforço, mas resolve-se.
Não deixes que uma pessoa acinzente o que imensas pintam de cor-de-rosa.
O que te aconteceu, ajuda-te a crescer enquanto pessoa muito melhor, que não vai quere cometer os meus erros.


De Pinky a 2 de Dezembro de 2009 às 23:04
Não devia ser assim...
As pessoas que mais amamos deviam ser as últimas a magoarem-nos.

Obrigada
Beijinho



De sonhosdeumarapariga a 2 de Dezembro de 2009 às 21:47
Passado dois anos ainda te sentes assim?
Eu espero que daqui a dois anos ele já tenha deixado de me influenciar...
Isso é muito tempo presa a um sentimento! Ainda para mais quando a outra parte decide desistir do 'nós'.

Força! Espero que neste Natal consigas preencher esse coraçãozinho!


De sonhosdeumarapariga a 2 de Dezembro de 2009 às 21:52
Desculpa só depois de ver os outros comentários é que percebi que te referias ao teu pai.
Nesse assunto não tenho muito para dizer. Mas sei o que o melhor era se o conseguisses perdoar e deixasses de viver com esse sentimento que te atormenta.


De Pinky a 2 de Dezembro de 2009 às 23:15
É o melhor e o mais difícil de conseguir...Mas o tempo tudo ajuda!

Obrigada


De taninha* a 3 de Dezembro de 2009 às 10:48
Desculpa a intrusão, mas só te vou dizer algo.. o teu pai pode ter partido porque quis, pode até não estar a teu lado, mas está sempre no teu coração..
Ás vezes as pessoas cometem erros, mas quem sabe um dia elas não voltarão para nos pedirem perdão..


De Pinky a 3 de Dezembro de 2009 às 11:19
Ninguém é perfeito, não é?
Nem mesmo ele...

Beju
:)


De Savannah ♥ a 3 de Dezembro de 2009 às 18:19
Só posso dizer que entendo-te completamente e que sei o que isso dói. Mesmo querida :x

Beijinhos enormes *


De Pinky a 4 de Dezembro de 2009 às 08:47
Obrigada Savannah!

Beijinho
Bom fim de semana!
Este meu vai ser prolongado! :)


De Ventania a 3 de Dezembro de 2009 às 22:58
Finges por quem, por ele, por ti? Se sabes onde está a tua felicidade, vai buscá-la. Que se lixe o que os outros dizem ou pensam, a vida é tua. VAI!


De Pinky a 4 de Dezembro de 2009 às 08:51
O problema não é o que os outros dizem ou pensam...é mesmo o que eu própria penso.

Beijinho
Bom Fim de Semana



Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 32 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.mais comentados

.arquivos

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Chorei Por Ti

. 2009 - O Ano De Crescimen...

. Desde Que Partiste...

. Ninguém O Vê Mas Todos O ...

. Hoje, Mais Do Que Ontem.....

. Simplesmente Porque Sim

. o teu "sim" tremido

.links

.arquivos

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

SAPO Blogs

.subscrever feeds